O que é continuidade dos negócios?

A continuidade dos negócios é a capacidade de uma organização de manter funcionalidades essenciais para a missão durante e depois de um desastre. Existem inúmeras interrupções que podem custar tempo, dinheiro e produtividade às organizações, e o planejamento da continuidade dos negócios as ajuda a se preparar para esses riscos antes que surjam. As organizações modernas têm uma lista de possíveis disrupções que se estendem para além de desastres naturais. Panes de serviço, violações de segurança e concorrência no setor podem representar ameaças significativas aos processos de negócios.

A continuidade dos negócios permite que as organizações:

  • Permitam produtividade sem emendas da força de trabalho durante qualquer tipo de disrupção nos negócios, planejada ou não
  • Protejam e controle informações comerciais mantendo o controle de TI no datacenter
  • Simplifiquem o planejamento e as operações de continuidade, usando a mesma infraestrutura do dia a dia que suporta a organização durante as operações de rotina

No passado, as organizações contavam com uma série complexa de provisões físicas para manter as operações durante cenários de desastre. Do ponto de vista da tecnologia da informação, as partes interessadas precisariam organizar endpoints, como novos computadores desktop e tecnologias de rede, para manter uma colcha de retalhos de sistemas até que a operação normal pudesse ser retomada.

Hoje, tecnologias em nuvem, sistemas redundantes e planejamento estratégico mantêm os negócios funcionando quando o inesperado acontece. O gerenciamento de continuidade dos negócios tornou-se notavelmente mais fácil no século 21, e a construção de um sólido programa de continuidade dos negócios não é mais o desafio de antes. Grandes organizações podem manter todas as suas funcionalidades durante uma crise. Pequenas e médias empresas podem se concentrar em manter as funções essenciais ativas até que a crise passe.

Porém, mesmo nessa era conectada, a avaliação de riscos, o gerenciamento de riscos e o planejamento de recuperação de desastres permanecem fundamentais para garantir a continuidade da empresa.

Com a Citrix, você mantém o negócio em funcionamento durante um downtime não planejado.

Se as pessoas não conseguem acessar os aplicativos, dados, arquivos e serviços dos quais depende o seu trabalho, o negócio ainda está parado, e perdendo dinheiro, clientes, produtividade, reputação e oportunidades a cada momento necessário para recuperá-los.

Quais tecnologias apoiam a continuidade dos negócios?

As tecnologias integradas apoiadas pelas plataformas em nuvem oferecem às empresas modernas a capacidade de planejar, reagir e se recuperar de crises, sejam desastres naturais, ataques cibernéticos ou falhas de fornecedores. Essas tecnologias oferecem suporte a funções críticas de negócios e gerenciamento de crises em meio a ameaças em potencial, e executam análises precisas de impacto nos negócios:

desktops e aplicativos hospedados
Aplicativos e desktops virtuais, bem como SaaS e aplicativos da web, são ideais para a continuidade dos negócios, pois permitem que os usuários acessem seus aplicativos, usando qualquer dispositivo, caso um desastre torne os datacenters e escritórios da empresa inutilizáveis. Esse acesso remoto ajuda a garantir o processo de continuidade dos negócios.

Gerenciamento unificado de endpoints
No caso de um desastre, os funcionários devem ter a capacidade de acessar seus aplicativos e arquivos em qualquer local, usando qualquer dispositivo. O gerenciamento unificado de endpoints permite que as organizações entreguem aplicativos e dados com segurança aos funcionários, independentemente do endpoint, da rede ou da localização do usuário.

Sincronização e compartilhamento de arquivos
Em um desastre, a disponibilidade de arquivos críticos é essencial para operações contínuas. As ferramentas de sincronização e compartilhamento de arquivos baseadas em nuvem oferecem às partes interessadas o poder de acessar os dados da empresa em qualquer lugar do mundo. Além disso, as opções de controle baseadas em políticas e protocolos de segurança sofisticados atenuam o risco de perda ou corrupção de dados, garantindo que as informações permaneçam em um estado intocado durante todo o desastre. No caso de uma violação grave, as ferramentas de criptografia e as opções de limpeza remota mantêm as informações confidenciais protegidas contra agentes mal intencionados.

Colaboração
Manter as equipes conectadas durante as crises é fundamental para os objetivos de resiliência e recuperação, e desempenha um papel fundamental em qualquer estratégia robusta de continuidade de negócios.

Planos de contingência otimizados utilizam ferramentas de colaboração para transferir cargas de trabalho para equipes fora da zona de desastre. É importante ressaltar que as ferramentas de colaboração utilizam a tecnologia em nuvem para fornecer acesso quase instantâneo a funções críticas às partes interessadas autorizadas, conforme determinar pelo plano de contingência.

Redes em nuvem
Em situações normais, as redes em nuvem oferecem às organizações a capacidade de expandir seus recursos conforme as necessidades se intensificam. No caso de um desastre atingir o datacenter primário, as soluções de desastre podem espalhar recursos virtualizados por locais secundários, limitando o downtime ou eliminando completamente as falhas de serviço. Essas soluções fornecem confiabilidade e desempenho durante todo o desastre, dando às partes interessadas o tempo necessário para manter as operações comerciais.

Como dar suporte à mitigação de riscos com soluções de continuidade dos negócios?

Em um ambiente de negócios competitivo, a disrupção pode ter um custo substancial às organizações. O gerenciamento de emergências testa a coragem das organizações mais preparadas. Para garantir que as equipes permaneçam produtivas e as partes interessadas de TI possam atender aos objetivos de tempo de recuperação, os líderes precisam fazer investimentos estratégicos em tecnologias resilientes. O suporte a essas ferramentas, políticas, estratégias de recuperação e atividades padronizadas de continuidade capacita as partes interessadas a manter o controle e dar suporte ao backup de dados, mesmo nos piores cenários de desastre.

Na sua essência, um plano de continuidade dos negócios é uma estrutura forte para apoiar uma organização se o inesperado ocorrer. Ao prever crises em potencial e identificar funções essenciais para a missão, as organizações aumentam suas oportunidades para superar desafios monumentais com facilidade. Uma abordagem sistemática garante que todos entendam seus papéis e tenham maiores chances de sucesso.

Os três pilares de resiliência, recuperação e contingência reforçam as organizações, dando-lhes a capacidade de apoiar equipes internas e partes interessadas externas. Com o Citrix Cloud e a ajuda de tecnologias em nuvem e infraestruturas dinâmicas, as crises mais perigosas se tornam administráveis.