O que é transformação digital?

Transformação digital é a adoção estratégica de tecnologias digitais. É usada para melhorar processos e produtividade, oferecer melhores experiências de clientes e funcionários, gerenciar riscos de negócios e controlar custos. A transformação digital representa inúmeras ferramentas, soluções e processos. Uma estratégia eficaz é personalizada para cada organização única.

Para manter a competitividade no cenário empresarial moderno, a transformação digital é uma necessidade. Poucas organizações resistem ao teste do tempo sem um plano para adotar estrategicamente tecnologias benéficas, como um espaço de trabalho digital.

Saiba mais sobre a transformação digital

Por que a transformação digital é importante?

Permanecer competitivo em um mercado global em constante mudança depende da capacidade da organização de se adaptar rapidamente por meio da adoção de novas tecnologias. A IDC estima que os gastos mundiais em tecnologias e serviços que permitem a transformação digital atingirão quase US$2 trilhões em 20221. As organizações que adotam a transformação digital estão focadas em envolver seus clientes em experiências agradáveis através de vários canais. São estas as que não correm o risco de ficar para trás.

A transformação digital desempenha um papel fundamental na:

  • Experiência do cliente: Hoje, os consumidores têm mais opções do que nunca. Isso significa que os riscos são altos para as empresas, não apenas de não oferecerem produtos ou serviços inovadores, mas também interações e experiências significativas que encantem os clientes e promovam a fidelidade à marca. Pense em quantas opções de entrega de comida existem atualmente. Os motivos pelos quais você pode escolher uma e não a outra podem estar diretamente ligados à transformação digital de uma companhia, seja um aplicativo fácil de usar, uma transação sem emendas, bom atendimento ao cliente ou entrega rápida.
  • Experiência do funcionário: Não se trata apenas de fornecer à sua força de trabalho os aplicativos e dispositivos mais recentes, mas sim de criar uma experiência simples, moderna e mais gratificante para o seu ativo mais valioso: seus funcionários. Pesquisas mostram que as únicas companhias que investem na experiência dos funcionários têm uma força de trabalho mais produtiva e engajada, o que se traduz em uma melhor experiência do cliente. A transformação digital pode ajudar as organizações a fornecerem não apenas as ferramentas que as pessoas precisam, mas também acesso instantâneo a tudo o que precisam, em qualquer lugar.
  • Otimização de processo: A capacidade de uma organização de oferecer ótimas experiências para funcionários e clientes depende de sua capacidade de operar perfeitamente no backend. Fluxos de trabalho simplificados, processos digitais e tarefas automatizadas são todas maneiras pelas quais as organizações podem criar eficiências.  
  • Digitalização do produto: Isso se refere ao uso da tecnologia para aprimorar um produto ou serviço, como dispositivos inteligentes conectados ou ativados por voz. A transformação digital não apenas ajuda as companhias a permanecerem na vanguarda da tecnologia, como também cria uma infraestrutura ágil necessária para inovar e se adaptar constantemente às mudanças rápidas e às demandas dos consumidores.

Quem é o responsável pela transformação digital?

A diretoria capacita a transformação digital

No início, os projetos de transformação digital costumavam ser vistos apenas como uma iniciativa de TI. Mas, agora, a transformação digital é realmente sinônimo de transformação dos negócios. Demonstrar isso é imprescindível para obter a participação da liderança em qualquer iniciativa de transformação digital. Também é importante mostrar como um investimento em tecnologia afetará diretamente os resultados.

TI e RH lideram a transformação digital

A transformação digital forçou a TI a abandonar da mentalidade de quebrou/consertou e tornar-se uma parceira de negócios estratégicos, responsável por facilitar as mudanças em toda a organização. E com as experiências de clientes e funcionários tão fortemente interligadas, a TI e o RH agora compartilham uma participação conjunta na transformação digital de uma companhia.

Não se trata mais de só fornecer a tecnologia mais recente. Trata-se de garantir que a tecnologia torne o trabalho mais eficiente e significativo, para que a companhia possa atrair as pessoas de que precisa, mantê-las envolvidas e melhorar os resultados dos negócios2.

De acordo com um relatório da Economist Intelligence Unit, números quase idênticos de executivos de TI e RH pesquisados (74 por cento e 75 por cento, respectivamente) se sentem pessoalmente responsáveis por melhorar a experiência dos funcionários. Os CIOs e CHROs devem trabalhar em estreita colaboração para garantir que as tecnologias existentes atendam completamente às necessidades das pessoas, e que ao mesmo tempo cumpram as políticas de RH e de segurança. Isso requer objetivos compartilhados, processos de planejamento, conjuntos de habilidades multifuncionais e novos indicadores-chave de desempenho (KPIs)3.

Funcionários fornecem informações para a transformação digital

Embora a TI e o RH compartilhem a responsabilidade de planejar e implantar a experiência dos funcionários e as iniciativas de transformação digital, é importante que estejam esclarecidos sobre as necessidades e desejos dos funcionários. Uma maneira de fazer isso é realizar pesquisas regulares com funcionários ou grupos focais.

Como é uma estratégia de transformação digital de sucesso?

As histórias de sucesso da transformação digital são de todos os tipos e tamanhos, e em todos os setores. Um dos exemplos mais conhecidos é o da Netflix. A maior concorrente da companhia, a Blockbuster, não estava preparada para sua nova rival digital. A companhia levou sete anos para estabelecer suas próprias ofertas de serviços de DVD por correspondência. E, durante esse tempo, a Netflix já havia estabelecido sua oferta de streaming digital. A velocidade com que a Netflix foi capaz de oferecer novas soluções digitais a seus clientes foi um ingrediente essencial para o sucesso duradouro da empresa.

No espaço de varejo, marcas nacionais como Walmart e Target adotaram estratégias de transformação digital para ampliar seu alcance on-line e competir com outro gigante da revolução digital: a Amazon. Walmart e a Target foram capazes de alavancar suas lojas físicas tradicionais como pontos de coleta e remessa convenientes para os clientes que preferiam comprar on-line. Hoje, essas marcas executam operações maciças de comércio eletrônico que não apenas complementam a receita dos compradores nas lojas, como também estendem o alcance de cada marca a áreas com menos concorrência.

Até instituições educacionais estão se transformando digitalmente para oferecer experiências de aprendizado mais flexíveis. A Universidade de Indiana, por exemplo, substituiu seus antigos laboratórios de informática por um ambiente virtual moderno, no qual os alunos podem acessar aplicativos educacionais em qualquer lugar.

Benefícios de uma estratégia de transformação digital bem sucedida

  • Maior mobilidade: Não são só os consumidores passam várias horas por dia em dispositivos móveis; os funcionários estão sempre conectados com seus smartphones, tablets e laptops. As companhias ágeis precisam de soluções móveis que proporcionem a mesma experiência que as pessoas têm no escritório. Muitos projetos de transformação digital consideram a mobilidade como o aspecto central. Ampliar as experiências de usuário final para incluir plataformas móveis é essencial para a empresa moderna. Em todos os setores, as companhias aproveitam recursos móveis para aumentar a produtividade, aprimorar a eficiência operacional e melhorar as taxas de satisfação.
  • Segurança de dados: Projetos eficazes de transformação digital podem dar suporte ao compromisso com a segurança de dados de uma organização, especialmente numa era de dispositivos conectados e big data. Levando em consideração quaisquer responsabilidades relevantes de soberania de dados, as partes interessadas devem estar atentas quanto à proteção das informações do usuário, especialmente quando carregam grandes quantidades de informações confidenciais. Em nível global, as empresas podem estar sujeitas a várias leis internacionais de privacidade. Isso deve estar contemplado em qualquer estratégia de transformação.
  • Experiência de usuário aprimorada: As empresas estão começando a adotar novas tecnologias não apenas por sua funcionalidade, mas também por sua capacidade de aumentar a produtividade dos funcionários através de interfaces mais simples e interações mais intuitivas. Aplicativos corporativos com interfaces de usuário complicadas podem dificultar o trabalho dos funcionários, mesmo que o backend seja eficiente.

Quais são os desafios comuns da transformação digital?

Falha em liderar com uma estratégia

A transformação digital não é um projeto feito de uma vez só. É um processo contínuo que deve ser constantemente nutrido e desenvolvido. A implementação da tecnologia sem considerar como ela se encaixa no cenário geral pode criar mais desafios do que benefícios. A transformação digital deve começar com uma visão, e qualquer projeto deve resultar dessa visão. Ao pensar em sua visão, é essencial ter em mente as metas e objetivos de negócios e como uma estratégia de transformação digital pode apoiá-los.

Falta de adesão da liderança

Qualquer transformação comercial, digital ou não, tem mais chances de sucesso quando a liderança estiver envolvida. E a liderança tem mais chances de se envolver em iniciativas diretamente alinhadas à estratégia de negócios. Ao propor qualquer projeto novo, é importante demonstrar como ele promove os negócios e afeta os resultados. Com a adesão da liderança garantida, você pode evitar quaisquer desafios orçamentários que afetem seu projeto.   

Planejamento em um silo

Embora no passado a TI fosse a única responsável pela transformação digital, esse não é mais o caso. Tornou-se um esforço multifuncional em toda a organização e, como tal, líderes e funcionários precisam estar envolvidos.

Quando os líderes implementam uma nova peça de tecnologia sem envolver as pessoas que realmente usam a solução diariamente, correm o risco de investir em uma ferramenta que não atenda às necessidades da empresa. Os líderes precisam de insights sobre as experiências de usuário final para garantir que a solução funcione corretamente e não insira novos desafios.

Durante os estágios iniciais de um novo investimento, os tomadores de decisão devem perguntar aos funcionários sobre suas experiências com o sistema existente e obter informações sobre como o processo pode ser aprimorado. Então, durante a implementação da nova solução, as partes interessadas devem continuar solicitando feedback de pessoas que usam ativamente a tecnologia. Com o tempo, os insights obtidos com esse circuito de feedback ajudarão a transformações adicionais, contribuindo para um ciclo de melhoria contínua.

Fonte
1
IDC 2HRO Today 3Economist Intelligence Unit

Próximos passos

Simplifique a sua transformação digital.

Benefícios da transformação digital no local de trabalho.