Alguma vez vocês pararam para analisar os processos da nossa vida cotidiana que mudaram drasticamente nos últimos anos? Por exemplo, já não interagimos com pessoas para comprar passagens de avião e reservar um hotel para sair de férias. Pedimos turnos de maneira online para ir ao médico ou renovar a nossa carteira de motorista. Já pensaram quanto tempo faz que não compramos um CD para escutar música ou sobre as novas formas de assistir séries e programas de TV? Tudo isso faz parte da transformação digital e nós a experimentamos diariamente porque há empresas que se transformaram, continuam se transformando e outras que estão iniciando esse caminho.

Do meu ponto de vista, a transformação digital não é apenas a implementação de tecnologias. É um conceito muito mais integral que implica mudanças de uma ponta a outra na organização com o objetivo de melhorar processos, renovar o modelo de negócios, impulsionar e empoderar os funcionários, através das tecnologias digitais que tornam possível que tudo isso aconteça. O impacto da transformação digital transcende as empresas em si mesmas, para transformar todos os aspectos da nossa vida; por isso, muitos a associam com uma nova revolução industrial. Embora, para mim, seja uma revolução digital.

Mas, falando especificamente das empresas, a transformação digital pode gerar mudanças de grande impacto nas seguintes áreas:

  • Experiência dos clientes: a transformação digital pode modificar completamente o atendimento aos clientes e sua experiência de compra. Em um contexto cada vez mais competitivo, colocar no centro da cena a experiência do cliente não é opcional. E isso implica avançar na direção de novos serviços para o cliente, novas formas de adquirir produtos, etc. Por exemplo, no meu caso, recentemente comprei um carro completamente pela internet sem fazer contato com nenhuma pessoa. Isso mesmo: escolhi o modelo, a cor e muitas outras características do carro tudo exclusivamente online. A minha experiência de compra foi muito boa, mais rápida e sem ter que sair da minha casa. Fiquei totalmente satisfeito com o carro.
  • Business Intelligence: a empresa é uma grande fonte de informação para si mesma, pois todas as suas áreas geram dados que devem ser aproveitados. Por isso, as tecnologias que permitem criar conhecimento, reunir e analisar dados, proporcionam para as empresas a vantagem de poder tirar proveito e tomar decisões contando com dados que estão ao alcance de sua mão.
  • Inovação: colocar a transformação digital a serviço da inovação permite modificar totalmente os processos da organização, repensar a distribuição dos produtos, a cadeia de produção e muito mais. As tecnologias como a IoT e os sensores, só para mencionar algumas, chegaram para adaptar os processos a este novo mundo.

Escutei várias vezes a frase “a tecnologia mata a criatividade” e acho que nada pode estar mais longe da verdade para descrever a transformação que estamos vivendo. Hoje temos muitas ferramentas para potencializar a criatividade, para criar, desenvolver e reinventar o que já foi inventado. Estamos em plena transformação digital e há muito mais para ver. Não vamos esgotar a nossa capacidade de surpresa porque o mundo que conhecemos está avançando para o futuro. E vocês, o que acham disso?

BANNER YES PORTUGUESE