Nos últimos anos, uma das principais mudanças que se percebe no setor financeiro é o avanço rumo à multicanalidade no atendimento aos seus clientes. Antes tudo se resolvia “cara a cara” na agência bancária; hoje, há um número muito maior de canais de contato que vão desde o website, os aplicativos, o contato telefônico, o SMS, o e-mail e muito mais. Inclusive na própria empresa também são utilizadas novas tecnologias para trabalhar e para a comunicação entre as equipes.

O uso de todas estas ferramentas tem causado uma real conscientização sobre o tráfego de dados existente entre as diversas filiais e aumentou a pressão para conseguir que tudo funcione corretamente, mas tomando muito cuidado com os custos. Neste contexto existem dois caminhos: a estratégia do NÃO ou apostar em melhorar a rede.

A estratégia do NÃO tem que ver com restringir o uso de ferramentas que sobrecarreguem a rede. Mas, queremos economizar custos e cuidar da rede proibindo, por exemplo, que os nossos funcionários acessem o Facebook ou o Youtube? Definitivamente não é a melhor opção para os tempos em que vivemos. E pior ainda se quisermos cuidar dos nossos talentos da geração Millennial.

O caminho correto é, com certeza, melhorar a rede; ainda mais se pensarmos que nenhuma inovação tecnológica é possível se a rede não estiver preparada para isso. E neste sentido, o SD-WAN pode potencializar este setor e proporcionar vantagens fundamentais, tais como:

  1. Redução de custos: permite administrar links de maneira mais econômica sem comprometer a qualidade. Deste modo, é possível economizar custos de largura de banda e, ao mesmo tempo, servir até quatro vezes mais usuários. Também reduz o consumo por escritório em até 80% e reduz o tráfego em até 95% para aplicativos que requeiram utilizar grande largura de banda, tais como a visualização de vídeo, transferências de arquivos, cópias de segurança, entre outros.
  2. Alta disponibilidade: torna possível contar com mais links por agência garantindo, ao mesmo tempo, a segurança. Neste sentido, o SD-WAN garante que a experiência do usuário tanto na filial como no âmbito móvel seja tão rica e eficiente como na sede.
  3. Mais agilidade para os negócios: se, por exemplo, o banco precisar habilitar um caixa eletrônico de forma temporária em algum lugar, pode fazê-lo sem ter que habilitar um link físico. Depois, quando quiser retirá-lo, leva o caixa e pronto; rápido, ágil e adaptado às necessidades comerciais.

O setor financeiro precisa continuar crescendo e inovando para atender melhor aos seus clientes e para poder abrir filiais mais rapidamente, não apenas nas grandes cidades, mas também em lugares remotos, além de proporcionar uma maior mobilidade aos seus funcionários. Mas sem otimizar a rede, nada disso é possível. Será decisão de cada CIO escolher entre usar a estratégia do NÃO ou levar sua função a outro nível, implementando tecnologias que preparem a rede para as necessidades atuais do setor.

BANNER YES PORTUGUESE